fbpx

Como escolher segmento de ecommerce: 7 dicas5 min read

Divulgue esse Artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on pinterest
Share on print

Em qual segmento de ecommerce investir? Essa é a dúvida de muitos empreendedores que planejam ingressar no comércio eletrônico.

Embora pareça um problema simples de se resolver, escolher quais produtos e serviços vender pela internet não é uma tarefa tão fácil assim. Isso porque requer muita pesquisa e análise.

Neste artigo, reunimos algumas dicas para te ajudar a identificar e escolher o melhor setor para atuar e abrir sua loja virtual. Acompanhe!

Como escolher segmento de ecommerce

7 dicas para escolher o melhor segmento de ecommerce

Antes de tudo, para ter sucesso com a sua loja online, os produtos do seu segmento de ecommerce devem atender a alguns requisitos.

Dentre eles, ter um preço razoável, não apresentar dificuldades no despacho e gerar impacto positivo para os consumidores.

Desse modo, o empreendedor construirá um modelo de negócio sólido, com mais chances de dar lucro.

A seguir, confira algumas dicas para você considerar ao escolher um segmento de ecommerce.

1) Trabalhe em um nicho de mercado

Em primeiro lugar, pense na possibilidade de atuar em um segmento de ecommerce de nicho.

Isto é, em setores muito específicos, onde você possa se destacar como um especialista.

Assim, é mais fácil se diferenciar das empresas grandes, que vendem de tudo e não são especialistas em nada.

Então, saiba eu esta pode se tornar uma grande vantagem competitiva.

Afinal, quando você trabalha atendendo a um nicho de mercado, você tem a oportunidade de se tornar referência e gerar autoridade entre o público.

2) Conheça a demanda desse nicho de mercado

A segunda dica é conhecer a fundo a demanda por produtos dentro do nicho que você escolheu.

Quanto mais específico for o nicho, mais difícil será atrair clientes para sua loja virtual. Por outro lado, você terá poucos concorrentes.

Resumindo, o empreendedor precisa colocar todos esses aspectos na balança. Assim, ele poderá identificar com clareza se essa demanda é caracterizada por tendência, modismo, mercado em expansão ou se já está estabilizada.

Em outras palavras, logo depois desta análise, o lojista poderá ainda optar por um nicho que ofereça melhores oportunidades de vendas, bem como chances reais de crescimento.

3) Entenda as demandas do seu público-alvo

Para descobrir com qual mix de produtos trabalhar em seu comércio eletrônico, você também deve fazer uma ampla pesquisa sobre seu público-alvo.

Conhecendo bem as demandas do público, você poderá definir uma série de estratégias que são importantes para o negócio.

Nesse sentido, é possível, por exemplo, definir as formas de pagamento disponíveis, a linguagem que será adotada para atrair novos clientes, as ofertas realizadas, as técnicas de cross-selling que podem ser empregadas, etc.

Ou seja, munido destas informações, o empreendedor pode optar por uma gama maior de itens, se assim preferir.

Além disso, ele terá mais assertividade nas demais tomadas de decisão.

Como-Escolher-Segmento-de-Ecommerce---Precificação

4) Estabeleça uma faixa de preço coerente em seu segmento de ecommerce

Esta também é uma dica importante para você levar em conta durante a escolha do seu ramo de atuação.

Afinal, manter a coerência entre os preços dos produtos ajuda a aumentar o ticket médio da compra.

De que maneira?

Um preço atrativo pode levar o cliente a comprar outro produto que custe o equivalente ao primeiro.

Além disso, a faixa de preço deve ser estipulada conforme a classe social do seu público.

Por fim, também é importante definir qual será o modelo de fornecimento da sua loja virtual.

Você pode trabalhar com produtos feitos em casa, manufaturados, comprados em atacado ou na opção de revenda.

5) Prefira vender produtos de baixa concorrência

Quanto maior for a concorrência para vender um produto, mais dinheiro você terá que investir para divulgá-lo.

Portanto, o mais indicado é trabalhar com produtos cuja concorrência é baixa.

Para identificar as vantagens competitivas ao escolher os produtos para sua loja online, faça uma análise detalhada dos seus concorrentes diretos.

Essa é boa maneira de desenvolver uma estratégia para se destacar de outras marcas que comercializam produtos similares aos seus.

6) Procure saber se o produto é vendido localmente

Faça uma pesquisa para saber se o produto que você pretende vender em seu ecommerce já é vendido em lojas locais.

Caso eles sejam facilmente encontrados em comércios próximos, você deverá oferecer diferenciais e valores agregados ao produto. A função deles é convencer as pessoas a comprarem via internet.   Esses diferenciais podem ser um preço melhor, frete grátis ou a praticidade de comprar sem sair de casa.

7) Ao escolher o segmento de ecommerce, pense em fidelizar clientes

Por fim, a fidelização de clientes é uma estratégia fundamental para tornar a aquisição de clientes mais barata.

Isso porque atrair um cliente novo tem um custo muito mais alto do que manter um cliente atual na base.

Logo, apostar na fidelização dos clientes para que ele volte a comprar na sua loja virtual é de longe a melhor maneira de economizar dinheiro e esforços para vender mais.

Gostou das dicas?

Então, não deixe de conferir outros conteúdos do nosso blog:

Divulgue esse Artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on pinterest
Share on print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *