fbpx

Ecommerce para Pet Shop: dicas para se destacar e aumentar as vendas4 min read

Divulgue esse Artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on pinterest
Share on print

No Brasil, o ecommerce para Pet Shop não para de crescer.

O segmento continua movimentando bilhões de reais todos os anos e pode ser um excelente investimento para quem pensa em empreender no comércio eletrônico.

No entanto, para ter destaque neste ramo, é preciso estudar as singularidades do negócio. Afinal, essa é a melhor maneira de entender e de atender as necessidades do consumidor.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas que vão te ajudar a se diferenciar da concorrência e aumentar as vendas com ecommerce para Pet Shop.

Confira!

A relevância do mercado pet

De acordo com dados do relatório Mercado Pet Brasil 2020, no ano de 2019 o mercado pet brasileiro faturou 22,3 bilhões de reais. São números muito animadores, não é mesmo?

Tanto para quem já está inserido neste mercado, como para quem pretende ingressar agora. E por falar nisso, talvez você esteja se perguntando: Por onde eu começo um ecommerce para Pet Shop? Isso é o que você verá no próximo tópico.

Planejando seu ecommerce de Pet Shop

Em primeiro lugar, você precisa escolher um nicho para atuar. Atualmente, o mercado pet possui quatro subáreas:

  • pet serv: serviços de adestramento, passeios e hotel;
  • pet food: ração e petiscos em geral;
  • pet vet: medicamentos veterinários;
  • pet care: acessórios de beleza, segurança e shampoos.

Então, o primeiro passo é definir se você vai se especializar em um nicho apenas ou trabalhar com mais de um.

Em seguida, é hora de planejar, isto é, elaborar um plano de negócios que inclua todos os pontos importantes para a abertura e funcionamento da empresa.

Veja a seguir os itens que devem constar neste planejamento:

  • Análise dos concorrentes;
  • Definição dos produtos que você vai oferecer;
  • Registro de documentos e certificações necessárias;
  • Seleção de fornecedores;
  • Estudo do público-alvo (faixa etária, gostos, interesses);
  • Identificação de parcerias (portais, profissionais da área, distribuidores, etc);
  • Estruturação do atendimento ao cliente.

Agora que você já sabe como iniciar seu ecommerce para Pet Shop, vamos às dicas que vão te ajudar a vender mais e melhor.

Dicas para se destacar e vender mais no ecommerce para Pet Shop

Além de atender as necessidades e expectativas do cliente, seu comércio online também precisa ter diferenciais competitivos para chamar a atenção do público consumidor.

Conheça algumas estratégias eficazes para conquistar mais espaço e visibilidade no ecommerce para Pet Shop.

1) Conheça as características particulares de cada animal

Para ajudar o consumidor a encontrar a solução que procura, você entender as características específicas de cada pet. Assim, você poderá oferecer produtos certos para cada animal.

Além disso, o consumidor terá uma experiência positiva, o que aumenta as chances de ele voltar a comprar em sua loja ou até mesmo de te indicar para outras pessoas.

2) Amplie a gama de produtos e serviços

A princípio, seu ecommerce não precisa apenas trabalhar comercializando produtos. Uma opção interessante de agregar mais valor à sua marca é tornando a experiência do cliente mais completa.

Como? Oferecendo serviços que todo dono de pet procura, como por exemplo, adestramento, banho e tosa, vacinação, etc. Mas é claro: esses serviços dependem de um local físico.

3) Faça marketing de conteúdo

Produzindo conteúdo, você tem uma grande oportunidade de chegar ao seu cliente e ajudá-lo a resolver um determinado problema. Desse modo, é possível elaborar uma tática eficiente e oferecer conteúdos úteis e interessantes por e-mail, blog, entre outros formatos.

Como resultado, você pode se tornar referência no mercado  e conquistar a confiança do cliente.

4) Aposte em descontos e brindes

Todo mundo gosta quando ganha algo, pode ser um desconto na próxima compra, frete grátis ou um brinde. Então, pense em oferecer algum benefício aos clientes. Isso fará com que ele se lembre de você quando precisar de um novo produto ou serviço para seu pet. Essa também é uma excelente maneira de atrair novos compradores.

5) Encontre bons parceiros

Escolher parcerias relevantes no mercado pet também pode fortalecer a sua marca. Quando você tem bons veterinários, fornecedores e influenciadores como aliados, tende a ter mais credibilidade.

Esperamos que você esteja preparado para colocar nossas dicas em prática e colher bons resultados. Agora, que tal aproveitar as redes sociais para vender ainda mais em seu ecommerce?

Veja como a parceria rede social e e-commerce pode aumentar as suas vendas

Divulgue esse Artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on pinterest
Share on print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *