Divulgue esse Artigo

A logística do ecommerce é um processo muito importante para uma loja online.

Afinal, ele impacta diretamente na experiência de compra e na fidelização do consumidor.

Imagine a seguinte situação:

O cliente compra uma bicicleta em uma loja virtual de artigos esportivos, mas só recebe a mercadoria cinco dias após o prazo informado na hora da compra. 

Nesse caso, são muitas as chances deste cliente procurar um site concorrente ao comprar um acessório para sua nova bicicleta.

Porém, engana-se quem acredita que logística diz respeito apenas ao transporte e entrega dos produtos. 

Ela abrange desde o cálculo do frete até o controle da movimentação do pacote, para evitar furtos e extravios. 

Portanto, ignorar essa estratégia pode causar muito prejuízo ao seu negócio. 

logistica do ecommerce carrinhos

Entenda o que é logística do ecommerce

A princípio, a logística para ecommerce envolve várias operações.

Entre as principais estão o planejamento, execução e controle do transporte, estoque, movimentação, armazenamento e embalagem de mercadorias.

Contudo, um bom sistema logístico deve ser eficiente. 

Ou seja, precisa garantir que o produto chegue ao cliente no menor tempo e com o mínimo gasto possível. 

Esse é um dos maiores desafios do gestor do ecommerce.

Afinal, nem sempre é fácil alinhar os custos à melhor forma de envio para o cliente. 

De acordo com a Associação Brasileira de Comercio Eletrônico (ABComm), a despesa com o frete  representa 58% das operações logísticas, o que equivale à maior parte. 

Portanto, para alcançar essa eficiência, você precisa conhecer os estágios que fazem parte da logística para comércio eletrônico.

 

Etapas da logística para ecommerce

  • Compra de produtos

Inicialmente, o lojista vai comprar os produtos que deseja comercializar ou mandar produzir as próprias mercadorias.

Desse modo, ele consegue manter o estoque abastecido.

No entanto, só isso não basta. É necessário ainda se planejar e calcular a média das vendas para fazer a reposição de estoque com maior precisão.

Vale lembrar que tudo isso ficará mais claro à medida que seu negócio estiver operando.

  • Controle de estoque 

Agora, com os produtos em mãos, é hora de armazená-los em um lugar seguro e de fácil acesso para tornar a entrega mais rápida.

Se você está começando agora, certamente será mais fácil gerir o seu estoque.

Mas, se o volume de mercadorias for muito alto, vale contratar uma ferramenta como o ERP para otimizar esse controle. 

Enfim, mantenha o estoque atualizado para não perder vendas.

Além disso, pense também numa tática para a queima do estoque acumulado.  

  • Relacionamento com o fornecedor, essencial na logística do ecommerce

Manter um bom relacionamento com o fornecedor é um fator essencial para controlar a entrada e saída de produtos no estoque.

Isso porque fazendo contato constante com o fornecedor, é possível garantir que o estoque não fique parado e também que nenhum item falte em sua loja. 

Além disso, ter um fornecedor de confiança é fundamental para conseguir entregas dentro do prazo e melhores condições de pagamento.

  • Embalagem das encomendas

Conforme você deve imaginar, nenhum cliente quer receber seu produto avariado ou com a caixa rasgada. 

Portanto, é preciso dar muita atenção à etapa de embalagem.

Os pequenos e médios lojistas, por exemplo, podem separar um espaço no escritório ou em casa para empacotar as mercadorias. 

Para economizar espaço, a dica é guardar as caixas e sacolas desmontadas. 

Tome cuidado ao embalar os produtos muito pequenos para que eles não quebrem durante o transporte. 

  • Entrega dos produtos 

Por fim, a entrega é a última etapa da logística do ecommerce.

Aqui você deve levar em conta tanto a retirada do pacote do estoque quanto o caminho que o produto irá percorrer até chegar ao endereço do cliente. 

Assim, durante este processo é necessário avaliar o melhor meio de transporte para agilizar a entrega dos seus produtos, a melhor rota, a data de saída bem como a estimativa de chegada.

Além disso, é indispensável também calcular imprevistos e zelar pela segurança do pacote.

Então, se você usar os Correios ou uma transportadora terceirizada, acompanhe a entrega através do código de rastreio.

Se possível, compartilhe esse código com o cliente para que ele também possa fazer esse acompanhamento.  

Desse modo, fica mais fácil garantir uma entrega eficiente. 

 

Leitura recomendada: Como calcular o frete dos Correios para os envios do seu ecommerce?

 

Dê atenção à logística reversa

Não podemos falar sobre logística do ecommerce sem abordar a importância da logística reversa. 

Você sabe do que se trata?

A logística reversa é o procedimento de devolução da mercadoria.

Essa é uma situação que pode ocorrer, mesmo com um planejamento logístico eficaz. 

Afinal, o cliente pode não gostar do produto e querer devolver o pacote.

Se isso acontecer, facilite a devolução a fim de continuar proporcionando uma boa experiência ao consumidor online

Ademais, esteja sempre preparado para este tipo de imprevisto.

 

Neste artigo, você viu como funciona a logística do ecommerce e sua importância para o sucesso do seu comércio eletrônico. 

Conforme mencionamos na introdução do conteúdo, a logística deve focar nas necessidades do cliente para entregar uma experiência de consumo positiva e que o deixe satisfeito.

Até mesmo porque, estando satisfeito com seus serviços, o cliente tende a comprar de novo de você e a divulgar sua marca para outras pessoas. 

Portanto, é sem dúvida uma estratégia que contribui para fortalecer a sua marca no mercado e aumentar o seu faturamento.

 

Leitura recomendada:

Responder

Seu email não será publicado.

*
*

Mais Sobre

ÚLTIMOS POSTS

HrEfQ
17 de janeiro de 2023

RECEBA NOVIDADES