fbpx

Organizar estoque: conheça técnicas para gerenciar produtos armazenados

Divulgue esse Artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on pinterest
Share on print

Organizar o estoque da sua loja é igualmente importante a deixar o ambiente – seja físico ou virtual – atrativo: uma boa gestão das mercadorias armazenadas impacta positivamente no faturamento da empresa

Por mais que pareçam distantes, a organização do estoque, a experiência do cliente e o faturamento da empresa são questões que se relacionam intimamente. Isso por que um estoque mal organizado compromete o bom atendimento aos clientes, o que interfere negativamente no faturamento.

Imagine: em determinada data, a procura por um produto específico aumenta potencialmente, mas o estoque da sua empresa já está ocupado com um grande volume de um produto de menor potencial.

Na prática, isso significa que sua loja está deixando de vender um produto de alta procura. Está deixando de ganhar dinheiro e, ainda, não atendendo bem seus clientes. Para evitar esse complexo de situações, é preciso organizar estoque corretamente.

Organização de estoque: por onde começar

Uma organização de estoque eficiente deve ser pensada de acordo com as necessidades, demandas e produtos de cada empresa.

Como dito no exemplo anterior, ter um grande volume de um produto com baixo potencial é prejuízo; e ter pouco de um item de alta procura também pode representar a perda de vendas.

Por isso, ao organizar estoque, o equilíbrio é muito importante. Você precisa se basear na frequência de saída dos produtos para programar compras sustentáveis. Lembre-se: produtos encalhados representam dinheiro “congelado” que poderia ser utilizado para investimentos mais promissores.

Planejamento de acordo com o período

Dependendo do segmento de atuação, é esperado que datas específicas aumentem a procura de produtos específicos. A organização do estoque da sua empresa também deve acompanhar essas tendências, uma vez que elas influenciam em novas compras.

Roupas de banho possivelmente possuem uma maior procura durante as estações mais quentes, por exemplo. Durante os períodos mais frios, as vendas de produtos dessa categoria tendem a cair. Por isso é necessário adaptar o estoque de acordo com o calendário.

Organizar estoque: ordem de importância de acordo com a curva ABC

A curva ABC é um método de classificação utilizado para definir o grau de importância de um determinado produto para o faturamento de uma empresa. Sendo A a classificação mais relevante, B a média e C a baixa importância, a curva permite visualizar quais são os produtos com melhor performance.

Para analisar a curva de forma efetiva, é preciso conhecer o Princípio de Pareto. Em resumo, o economista criador do sistema afirma que 80% das consequências são causadas por 20% das causas. Parece distante, mas é fácil de compreender.

Se seguirmos a teoria de Pareto na análise do estoque, entendemos que 80% do faturamento de uma empresa é gerado a partir de 20% dos produtos vendidos. A partir desse entendimento é possível utilizar a curva ABC: os produtos mais rentáveis são mais vantajosos. Logo, recebem A na classificação.

Assim, você identifica quais são os produtos menos lucrativos e consegue organizar estoque de forma efetiva.

Disposição estratégica

Outro aspecto muito importante sobre a organização e gestão do estoque é a acessibilidade. Os produtos com mais procura devem ser posicionados em espaços estratégicos do seu estoque. Essa é uma atitude simples, mas que otimiza o trabalho da sua equipe.

Leia também:

Divulgue esse Artigo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on pinterest
Share on print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *